ARDENTE AMOR!

Ardente amor!
Que me deixa em labaredas,
Que todo meu corpo incendeia 
De paixão!...
És o ser que preciso 
Pra tornar minha vida
Num paraíso,
Vem depressa meu querido, 
Meu amor/amigo, 
Que advinha todos os meus sonhos, 
Meus desejos novos 
E conhece os antigos. 
Vem fazer morada no meu coração. 
Habitar meu corpo e minha ment, 
Vai me fazer feliz, contente, 
Pois sem você 
Não sou templo de prazer
E nem de alegria, 
Sou apenas uma fantasia ou ilusão,
Porque o que mas eu anseio neste mundo 
É possuir sua alma dentro da minha, 
Porque deseja me pertencer, 
Pois quem não é dono da alma
Não é dono de nada...
O tempo faz esquecer!....
by Maria de Deus Oliveira
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHO DE PESQUISA EM PEDAGOGIA

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS PARA CRIANÇAS DE 03 A 06 ANOS

MITOLOGIA GREGA: A HOMOSSEXUALIDADE