quinta-feira, 10 de outubro de 2019

O AMOR BROTOU!

Havia um poço de solidão
Dentro de mim.
De repente da cidade dos sonhos
Romperam-se as comportas de uma represa.
Um ribeirão de águas cristalinas de amor
Invadiu meu ser.
Lavou as tristezas da minha alma
Drenou meu corpo
Com intensa felicidade
Trouxe a alegria e o sorriso
Da adolescência esquecida.
Eu me vi renovada pra receber
O encanto da primavera.
Fui regar no meu coração
Um novo jardim.
E vi feliz, você meu cravo
Brotou!...

Enfim!
Maria Maria Oliveira

Nenhum comentário:

PARA SEMPRE CRIANÇAS!

Não esqueça, não só hoje, mas em todos os dias de sua vida deixar a criança que existe dentro de você fluir, pois podemos "traquinar&q...