SEM VOCÊ JUNTO DE MIM

Sem você junto de mim, 
Parece dia de chuva fina... 
Silenciosa...
Tudo cinza ao meu redor. 
Ares só de tristeza, melancolia...
Sinto até ranço na manteiga...
O pão sabor de adormecido,
O açúcar salobro,
O café não esquenta minha alma friorenta.
O agasalho não substitui seus braços calorosos
Que me envolve como uma manta de amor.
É, existem pessoas
Que por mais que estejamos rodeadas de gente,
Aquele lugar fica profundamente vazio,
Meus olhos opacos, sombrios
E sem beleza,
Como o eclipse sobre o sol.
É tão vertiginosa essa saudade,
Que me sinto despencando num precipício,
Quando a dor da tua ausência me invade!...



by Maria de Deus Oliveira
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHO DE PESQUISA EM PEDAGOGIA

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS PARA CRIANÇAS DE 03 A 06 ANOS

MITOLOGIA GREGA: A HOMOSSEXUALIDADE