OUSARMOS

Aproveitemos  a  nossa  existência. Ousarmos tudo  que nos der na “telha”... o   diferente do que   seria   considerado    normal.  Possuímos apenas uma vida, por via das dúvidas, vivamos cada hora como se fosse a última. Amar muito e deixar-se amar  integralmente. Viver tudo de bom, sem “não me toques”...façamos.           É melhor se arrepender de ter feito do que ficar a imaginar  se teria sido   bom, desde que haja respeito  pelo   direito  do  outro:  onde  o  dele começa, o meu acaba e vice-versa; o que não seja prejudicial, feito com muito amor, alegria e sem   remorsos,   é válido    praticar.  Pra  quê esperar?   Enquanto   estivermos     acordados, tomar porres de felicidade e curtir a ressaca em sonhos surreais.                                    Nunca   esqueçamos  de agradecer a Deus pelo presente vida...só a Ele temos que dar satisfações dos nossos atos... 
by Maria De Deus Oliveira
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHO DE PESQUISA EM PEDAGOGIA

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS PARA CRIANÇAS DE 03 A 06 ANOS

MITOLOGIA GREGA: A HOMOSSEXUALIDADE