sábado, 8 de novembro de 2008

O que será que faz a pena viver a vida???





Autor: Maria de Deus Oliveira
O que será que faz valer a pena viver a vida? Isso é uma coisa muito subjetiva, porque cada um tem sua visão diferente de ver as coisas. A cada dia nos transformamos e os nossos desejos vão sendo substituídos por outros. O que era importante ontem, hoje já não nos traz mais felicidade.
A única coisa que percebo e nunca modifica nas pessoas é a busca frenética pelo status, e por ele o homem chega a morrer envenenado pela gana do poder, que extirpa órgão por órgão internamente e finalmente seus nervos e sua saúde silenciosamente é destroçada. É pressão alta ou baixa demais, colesterol danoso e quando ele pensa que vai usufruir, da sua corrida maluca pelo dinheiro, infelizmente parte para outra vida, e tudo aquilo que ele fez não tem valor algum, vai ficar tudo aqui, porque pra lá, do outro lado do mundo, eu acho que deve ser tudo de graça, não podemos levar nada no nosso último leito. A única certeza que temos é que para onde vamos, seremos para eternidade pó, adubo, para fertilizar a terra e trazer para a natureza novos frutos.
Então o que será que faz valer a pena a viver a vida? Na minha concepção, é o amor, os momentos bons usufruídos com a pessoa amada, a família, os amigos, tudo aquilo que nos provocam risos, que nos faz perder o juízo, mas que nos traz felicidade perene, plena e que transcende. Um amor bem vivido com cumplicidade, que nos faz ficar rindo à toa quando recordamos aqueles momentos de pura emoção, alegria ou êxtase. Isso sim é maravilhoso recordar, alimenta a alma, o corpo, as vísceras, as entranhas e tudo fica completinho sem nem um buraquinho vazio, é copo cheio até a borda que se mexer transborda.
Acho que o amor faz valer a pena viver a vida, toda aquela maravilhosa sensação, toda ardência da paixão, uma querência do outro ser, aí, assim é bom viver, com intenso prazer e já cheguei à conclusão, que é de amor que eu quero morrer!

Livro: Alinhavando Palavras. Sem pé, nem cabeça. I VOLUME
Postar um comentário

www.alinhavandopalavras.blogspot.com

Arquivos do blog

www.alinhavandopalavras.blogspot.com

Bem-Vindos!
Temas variados: trabalhos escolares orientados por mim e/ou assuntos que despertam a minha curiosidade, estudo e elaboro através de pesquisa. Trabalhos de outros pesquisadores. Em paralelo, a literatura, coisas que gosto de escrever, em diversos gêneros literários.

Nós os mais velhos somos os responsáveis por essa juventude que dominará no futuro nosso mundo, portanto, mãos a obra: Quem ama educa e nunca machuca!
Amar significa educar com liberdade vigiada até que o jovem possa dirigir sua vida com autonomia. É preciso aprender a valorizar o “SER”, porque as coisas se deterioram e a essência transcende. Infelizmente a vida é um enigma e nada podemos afirmar, porque se não houver vida após morte, morremos e nem saberemos quando isso acontecer, entretanto não custa nada ser bom, honesto, preservar a natureza para os nossos herdeiros, pois eles merecem viver num universo saudável como viveram nossos ancestrais.
Vivamos diariamente não como se fosse o último dia, mas com a alegria de poder viver mais um dia e conviver com as pessoas que amamos, oxigenar o corpo, ver a beleza que nos rodeia dia e noite e principalmente saborear momentos inéditos.
A vida não teria prazer se não houvesse sonhos, fantasias, crença na utopia, partilhar amor, amizade e o conhecimento que nos permite criar e apreender.
Venha participar deste espaço virtual, não como uma estrela cadente, mas como uma estrela ascendente que deseja pertencer a uma brilhante constelação de amizade e saberes que nos edifica como ser humano. Bem-vindo(a) a minha tela eclética em cultura, e você é quem decide o que deseja nos presentear.
Um abraço!
Maria de Deus Oliveira de Siqueira Alves.
http://www.ecleticoemcultura.blogspot.com/


Todas as ilustrações, exceto fotos de amigos e da minha família, (aliás, uma grande família) foram retirados do http://www.google.com.br/, pesquisa de imagens mais completa da web.

Respeite os Direitos Autorais

É preciso uma porção de amor em tudo que se produz!