sábado, 8 de novembro de 2008

NÃO DÊ TRELA PRA TRISTEZA



Autor: Maria de Deus Oliveira

Quando a tristeza vier te assombrar, não dê trela pra ela. Comece a pensar nos bons momentos que viveu. Então se delicie e se lambuze nos bons pensamentos de prazer. Pense, reflita, para que conviver com uma coisa que só pode lhe fazer mal? Não traz benefícios nenhum para sua mente e principalmente para o seu coração. Mas se invertemos esse pensar para as coisas que nos dão alegrias? Virão lembranças que vão nos provocar sorrisos e muita gente vai até pensar que estamos loucos.
Então vamos abstrair de uma forma em que tudo que está nesse inverso de tristeza está acontecendo no mundo dos contrários. E como seria? Por exemplo: a morte é necessária? Isso é uma coisa que nunca vamos aceitar, mas pense bem que é melhor morrer do que viver vegetando. Ou se vive intensamente, com felicidade, dignidade e lucidez, ou será melhor partir? Seguir para algum lugar que não sabemos onde é, mas que também não temos nenhuma responsabilidade e compromisso. Quem sabe lá podemos renascer crianças, não ter que cumprir agendas, trabalho e nem emprego. Como seria bom retornar e ser neném, no colinho da mamãe só recebendo carinho, alimento e sendo a gracinha e a alegria da casa, sem ninguém para nos deixar infeliz no amor. Quem sabe até termos ainda a chance de começar tudo de novo e dessa vez sem erros.
Ai que dor! Estou com tantas saudades que dói meu corpo! Aproveite faça um exercício para estalar os ossos, alongue e quando aquecer o corpo ligue o som e deixe se envolver pela música. Dance bastante até cansar, suar, e a tristeza sair pelos poros. Lembre-se que não se pode dar trela à tristeza! Nem ligue se alguém pensar que você é maluco porque está dançando só, sem platéia, sem salão, porque o seu par é aquele que está no seu imaginário. Agora por favor, capricha nesse par, em? Não me decepcione, ta? Escolha aquela pessoa que vai fazer inveja a todos que estão lhe admirando, porque terá que lhe acompanha-lo em tudo que lhe der na “telha”, e você vai dar um show , o mais fantástico, porque realmente será o mais espetacular, porque é seu, o show da sua vida! Então, o quê você está esperando? O que achou da proposta? Eu já liguei meu som e estou escolhendo uma música para dar meu espetáculo e deixar todo mundo de boca aberta e até a Ivete, a famosa baiana, vai ficar zangada porque nós vamos deixa-la no CHÃO!
Viu como é fácil? Vamos lá gente boa, quero que você seja meu par, mas só se você for daquelas pessoas que jurem de pés juntos que não vai dar trela para a tristeza. Venha!... Estou lhe esperando. Vem???...Baila comigo?... Vamos até o alto do topo da alegria e de lá dar um tchau... Bye, bye, tristeza... Não precisa retornar...Adeus!!!
Livro: Alinhavando Palavras - sem pé, nem cabeça. I VOLUME
Postar um comentário

www.alinhavandopalavras.blogspot.com

Arquivos do blog

www.alinhavandopalavras.blogspot.com

Bem-Vindos!
Temas variados: trabalhos escolares orientados por mim e/ou assuntos que despertam a minha curiosidade, estudo e elaboro através de pesquisa. Trabalhos de outros pesquisadores. Em paralelo, a literatura, coisas que gosto de escrever, em diversos gêneros literários.

Nós os mais velhos somos os responsáveis por essa juventude que dominará no futuro nosso mundo, portanto, mãos a obra: Quem ama educa e nunca machuca!
Amar significa educar com liberdade vigiada até que o jovem possa dirigir sua vida com autonomia. É preciso aprender a valorizar o “SER”, porque as coisas se deterioram e a essência transcende. Infelizmente a vida é um enigma e nada podemos afirmar, porque se não houver vida após morte, morremos e nem saberemos quando isso acontecer, entretanto não custa nada ser bom, honesto, preservar a natureza para os nossos herdeiros, pois eles merecem viver num universo saudável como viveram nossos ancestrais.
Vivamos diariamente não como se fosse o último dia, mas com a alegria de poder viver mais um dia e conviver com as pessoas que amamos, oxigenar o corpo, ver a beleza que nos rodeia dia e noite e principalmente saborear momentos inéditos.
A vida não teria prazer se não houvesse sonhos, fantasias, crença na utopia, partilhar amor, amizade e o conhecimento que nos permite criar e apreender.
Venha participar deste espaço virtual, não como uma estrela cadente, mas como uma estrela ascendente que deseja pertencer a uma brilhante constelação de amizade e saberes que nos edifica como ser humano. Bem-vindo(a) a minha tela eclética em cultura, e você é quem decide o que deseja nos presentear.
Um abraço!
Maria de Deus Oliveira de Siqueira Alves.
http://www.ecleticoemcultura.blogspot.com/


Todas as ilustrações, exceto fotos de amigos e da minha família, (aliás, uma grande família) foram retirados do http://www.google.com.br/, pesquisa de imagens mais completa da web.

Respeite os Direitos Autorais

É preciso uma porção de amor em tudo que se produz!