Não deixe seu brilho apagar...


Autor: Maria de Deus Oliveira


Depois de uma grande tempestade, quando vemos um arco-íris no céu, sabe-se que o sol em breve voltará iluminar o dia. Isso acontece com o nosso coração. Primeiro começam as ventanias carregadas de ódios, chuvas de frustrações, vendaval de desamores, dores que abalam nossa alma. Como fugir desse pesadelo? Só a perseverança e vontade de vencer podem nos tirar do fundo do poço. Conquistar depende de acreditar que somos fortes e que não há vitória sem lutas. Guerreiros só entregam o combate quando nocauteados. Nada pior do que não acreditar em si, no poder de sedução, e assim sendo, ninguém confiará em quem não arrisca e tem medo de não ser capaz. Se nunca tentar, como saberemos? Não adianta depois lamentar o que não foi testado e experimentado. Nunca diga: não posso, é impossível, nunca, antes de tentar. Não nos conhecermos e a cada dia nos deparamos com algo novo da nossa personalidade, novas habilidades e algumas novidades a nosso respeito, mas que seja apenas para acrescentar coisas benignas a nossa vida. Pra que desabrochar energias negativas se elas são as únicas responsáveis pelos fracassos?
Enquanto existir inteligência no mundo, todos nós somos capazes de criar algo que surpreenda a todos. Basta querer, planejar, desejar e elaborar, porque a força do poder da mente é de uma capacidade infinita. Vale a pena tentar. Quando demonstrar autoconfiança, todos apostarão em você.
Somos dotados de inteligência, mas ninguém nasceu sábio. A aprendizagem é uma vivência diária e temos que acreditar que Deus nos concedeu uma estrela na testa para nos guiar para o caminho da luz e do sucesso. Muitas pessoas não confiam nelas, então estas se escondem atrás do corpo e quando nos sentamos, apagam. O brilho para aparecer de novo torna-se praticamente impossível por terem sido muito esmagadas pelo peso da descrença. Cuide bem da sua estrela e confie no seu talento, na sua força de vontade de realizar projetos, sonhos, porque, muitas vezes a vitória está ao seu alcance, em suas mãos e você não consegue dá um passo na direção correta por causa da cegueira, da acomodação e conformismo.
Coloque sua estrela na testa e vá à luta, reluzir pelo mundo afora e todo dia tentar subir um degrau para alcançar uma constelação, por serem mais belas, porque a união faz a força e por isso destacam-se muito mais lá no céu. Tenha cuidado em não querer derrubar suas concorrentes, Deus é justo e pode lhe transformar numa estrela cadente. Há espaço para todas brilharem, cada uma cooperando com espetáculos coesos, mas diferentes, isto é o que faz a diferença na coreografia da vida.

Livro: Alinhavando Palavras - Sem pé, nem cabeça. I VOLUME
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHO DE PESQUISA EM PEDAGOGIA

MITOLOGIA GREGA: A HOMOSSEXUALIDADE

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS PARA CRIANÇAS DE 03 A 06 ANOS